Sobre Cuiabá

Cuiabá vive sob a égide de seus 300 anos de fundação, celebrados em 2019. A atual capital do estado de Mato Grosso surgiu às margens do rio Coxipó, em 8 de abril de 1719. Era, então, um pequeno povoado, cuja ata de fundação foi assinada por Pascoal Moreira Cabral. Foi a descoberta do ouro pelos bandeirantes paulistas que deu origem à povoação, que estava subordinada à capitania de São Paulo naquela época.

Possui cerca de 569.830 mil habitantes e área de 3.495,424 km2 (fonte: IBGE 2013). Cuiabá é uma das cidades mais quentes do Brasil, com temperatura média que gira em torno de 24°C e não raro bate os 40º. O calor também está na receptividade e alegria de seu povo.

Há 60 quilômetros de Cuiabá, em Chapada dos Guimarães, o clima já muda completamente. É mais ameno, com ventos diurnos e noites frias. Há várias versões para o significado do nome “Cuiabá” e nenhuma delas é tida como definitiva. A mais tradicional diz que vem do local chamado “Ikuiapá” onde os índios bororos pescavam com uma flecha-arpão, que em sua língua chama-se “Ikuia”, sendo “pá” o designativo de lugar. Para outros, o termo deriva de “kuyaverá”, palavra guarani que se traduziria por “rio da lontra brilhante”.